Memória: Dia Nacional do Vereador

O Memorial relembra o Dia Nacional do Vereador, instituído pela Lei Federal nº 7.212, de 11 de julho de 1984.


O Memorial da Câmara relembra que neste dia, 1º de outubro, comemoramos o Dia Nacional do Vereador.

Um pouco da história:

As Câmaras Municipais do Brasil são originárias das tradicionais Câmaras Municipais Portuguesas, que existem desde a Idade Média.

O vocábulo vereador, originário do grego antigo, vem da palavra “verea”, que significa vereda, caminho. O vereador, portanto, seria o que vereia, trilha, ou orienta os caminhos. Existe no idioma brasileiro o verbo verear, que é o ato de exercer o cargo e as funções de vereador. Resumindo, o vereador é a ligação entre o governo e o povo. Também conhecido como "edil".

A instalação da 1ª Câmara de Vereadores nos país aconteceu quando o povoado de São Vicente é elevado à categoria de Vila, em 22 de agosto de 1532. Dessa forma, os vereadores existem na história do Brasil, desde o período colonial, entre o descobrimento no ano de 1500 e a independência no ano de 1822, quando já tinham a função de zelar pelos bens do município. Durante esse período, a Administração Municipal era toda concentrada nas Câmaras Municipais, que constituíram o primeiro núcleo de exercício político do Brasil.  

Entre todos os cargos políticos desde os remotos tempos, o vereador foi sempre o que mais teve proximidade e identificação com as pessoas da cidade, pois, o edil sai do meio da comunidade, sendo muitas vezes um cidadão comum, um líder comunitário, um professor, entre vários outros. Peça fundamental nesse cenário político administrativo, em especial por seu trabalho que vai além dos preceitos iniciais do cargo em prol do bem comum da população. 

Ao longo de muitos anos, houve a gratuidade no exercício da vereança. Contudo, somente pessoas de boa condição financeira se dispunham a ser vereador. A Constituição de 1967 previu, pela primeira vez, a remuneração aos vereadores das capitais e municípios, com população acima de 100 mil habitantes. Em 1975, a Emenda Constitucional nº 4, rompeu com a falta de remuneração, dispondo a remuneração dos vereadores, estabelecendo limites e critérios. A partir de então, várias outras leis complementares alteraram o modo de pagar o Edil. Isso pode ser considerado como uma conquista do processo democrático brasileiro, pois, dá condições, de que todo cidadão tenha condições de fazer parte deste colegiado representativo, dedicando-se a ele.

A função do Vereador e da Câmara Municipal, à medida que o país se democratiza, fortalece a importância, em decorrência natural do processo de evolução e de valorização das cidades, crescendo também, em amplitude e complexidade.

Em nosso país, a Câmara de Vereadores é o órgão legislativo da administração dos municípios, configurando-se na assembléia dos representantes dos cidadãos nela residentes, sendo que, a escolha do candidato a vereador é responsabilidade do eleitor, que tem o dever de saber escolher aquele que melhor irá representá-lo.

 

Homenagem: Dia do Vereador, 1º de outubro

O Dia Nacional do Vereador foi instituído através da Lei Federal nº 7.212, de 11/07/1984, que definiu o dia 1º de outubro, pois, foi nessa data que o ex-imperador do Brasil D. Pedro I oficializou as normas que definem o cargo de vereador.

Veja a lei na íntegra: Lei de 1º de Outubro de 1828.

 

 

Texto/matéria: Silvia Gustavo

Fontes: 




Publicado em: 01 de outubro de 2019

Publicado por: Silvia Gustavo

Cadastre-se e receba notícias em seu email

Categoria: Notícias do Memorial

Outras Notícias

Fique por dentro


50 anos da fundação do Gigantão

10 de outubro de 2019

O Ginásio de Esportes Castelo Branco "Gigantão" foi inaugurado no dia 11 de outubro de 1969, completando neste ano 50 anos de existência. Um pouco da história:  Antigo sonho do município, o então prefeito Rômulo Lupo em seu primeiro mandato, promulgou em 1957 uma lei para a captação de recursos...


Dia da fundação do Distrito de Bueno de Andrada

01 de outubro de 2019

O Memorial da Câmara Municipal relembra a criação do Distrito de paz de Itaquerê, hoje, Distrito de Bueno de Andrada, que se deu através da Lei Estadual nº 2024, de 27/12/1924, comemorando neste ano 95 anos de fundação.  De acordo com a lei estadual, seus limites ficaram assim definidos na ortog...


Calendário municipal do mês: OUTUBRO

01 de outubro de 2019

A cidade de Araraquara tem datas comemorativas importantes para serem lembradas, pois homenageiam profissões, classes e assuntos relevantes. O Memorial da Câmara Municipal relembra essas datas: Lei Data Assunto Autoria Dia Comemoração 7305 11/08/2010...


Biografia do prefeito eleito pelo povo para a 15ª e 16ª Legislatura, Marcelo Barbieri

27 de setembro de 2019

  Biografia Marcelo Fortes Barbieri nasceu no dia 21 de novembro de 1956, em Araraquara/SP. Filho do senhor Nelson Barbieri e da senhora Maria Ruth Fortes Barbieri, cresceu ao lado dos irmãos Maria Cecília, Nelson, Renato e Estela. Estudou nas Escolas Estaduais Antonio Joaquim de Carvalho, Pe...


Memória: Araraquara comemora a Independência do Brasil

06 de setembro de 2019

O Memorial da Câmara Municipal relembra uma publicação histórica do jornal O Araraquara, de 11 de setembro de 1904, noticiando as comemorações realizadas na cidade e da Câmara Municipal em homenagem ao Dia da Independência do Brasil "7 de setembro".        Recordamos que em nossa cidade,...


Sartre no Brasil e a conferência de Araraquara

04 de setembro de 2019

O Dia Municipal de Sartre constitui o resgate do importante acontecimento da história intelectual da cidade de Araraquara, com a visita do filósofo Jean-Paul Sartre ao município, comemorado em 04 de setembro, instituído através da Lei Municipal nº 5673/2001. Sartre e sua companheira Simone de...