SIGA-NOS:

Notícias



Parlamentar pede informações sobre Escola Municipal de Dança




O vereador Roger Mendes (Progressistas) esteve reunido com a secretária municipal da Educação, Clélia Mara Santos, para dialogar e pedir esclarecimentos de demandas levadas por várias pessoas envolvidas com a dança na cidade, principalmente sobre os procedimentos adotados pela Secretaria referentes à Escola Municipal de Dança “Iracema Nogueira” (EMD) e se a mesma está cumprindo seu papel social.

Quanto ao processo de preenchimento de vagas na EMD, pois o parlamentar recebeu o questionamento se alguns alunos estariam aptos a frequentar a “Iracema” e seriam de famílias sem condições de pagar uma escola de dança particular, Clélia explica que a EMD é pública e que todos têm direito, então, nesse sentido, é uma escola aberta, embora não comporte a todos.

Ela também acrescenta que a Escola se tornou um patrimônio de Araraquara, com alunos que se destacaram e se destacam no cenário nacional e até mesmo internacional da dança. “Com isso e devido ao fato de ser tão especial, pois a formação do aluno tem a duração de seis anos e tem em seu ensinamento, princípio, meio e fim, nós estabelecemos critérios para o ingresso do aluno.”

Segundo ela, a cada ano a Secretaria da Educação estabelece uma resolução pública com orientações de como vai ser o ingresso de novos estudantes que envolvem questões como a da renda familiar. “Com isso, é feito um recorte na escolha, onde a prioridade é de alunos em situação de vulnerabilidade, pois este é o público que a escola mais gostaria de atender.”

Clélia afirma que a EMD contempla prioritariamente alunos que frequentam a rede pública de ensino, oriundos de famílias de baixa renda, em situação de vulnerabilidade social e beneficiárias do programa Bolsa Família, mas como é uma escola aberta, havendo vagas remanescentes, após a classificação de todos os estudantes que frequentam a rede pública, serão classificados os da rede privada de ensino, bolsistas ou não. “Obviamente que sobram vagas e essas vagas são públicas, por isso que hoje temos alunos, inclusive, da rede particular que estão na Escola Municipal de Dança”.

 

Escola de excelência

A secretária ressalta que o público da EMD é majoritariamente da rede estadual, seguido da municipal e posteriormente da privada. “Atualmente, são 176 estudantes da rede estadual de ensino, 80 alunos oriundos da rede municipal de educação e 28 da rede privada. De acordo com Clélia, não seriam esses 28 alunos que estariam causando ou algum impacto no progresso das escolas de dança da cidade.

Ela diz que, como escola pública, a EMD é aberta para todos, pois os pais de muitos alunos que gostariam que os filhos ingressassem na escola pagam seus impostos. “Ele é contribuinte, cidadão de Araraquara e quer uma boa escola para seu filho. A Escola cumpre seu papel social de atender a todos. Lembrando que a maioria dos alunos vem da rede estadual de educação, principalmente, por conta da localização da escola, mas a mesma tem alunos de todas as regiões da cidade.”

As vagas oferecidas são em horário parcial e no período oposto ao ensino fundamental, respeitando o máximo, de acordo com a resolução vigente, de 20 estudantes por turma. As vagas são preenchidas em ordem cronológica de inscrição e os candidatos que não são contemplados na primeira chamada ficam na lista de espera. O preenchimento se dá mediante processo seletivo de avaliação das habilidades, aptidões e interesses, a partir do desenvolvimento de atividades em todas as oficinas que compõem a Escola Municipal de Dança “Iracema Nogueira”.

Mendes acredita na importância da Escola no desenvolvimento na formação dos seus alunos em seus diversos aspectos, bem como se sentiu contemplado com os esclarecimentos da secretária da Educação.

 

Assessoria de gabinete do vereador Roger Mendes (Progressistas)


Publicado em: 07 de outubro de 2019

Cadastre-se e receba notícias em seu email

Categoria: Notícias da Câmara

Outras Notícias

Fique por dentro

Cobertores

26 de maio de 2020

A Clínica de Fisioterapia e Pilates Essence está promovendo uma campanha de arrecadação de cobertores para pessoas em situação de rua. A clínica aceita também itens em estado imperfeito de conserva...



Contas públicas

26 de maio de 2020

Na quinta-feira (28), às 15 horas, ocorrerá a live “Controle das políticas públicas de Educação durante a pandemia”, nas páginas do Facebook da União dos Vereadores do Brasil (UVB) e da campanha Co...



Mapeamento epidemiológico

26 de maio de 2020

A partir desta semana, a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) disponibilizará para a Prefeitura de Araraquara mapas e gráficos da evolução da Covid-19. O material – que inclui bairros infect...



Rede de Solidariedade

26 de maio de 2020

Balanço da Rede de Solidariedade de 25 de março a 25 de maio: arrecadados 46.260 kg de alimentos e 15.069 itens de limpeza e higiene pessoal; distribuídas 3.647 cestas básicas, 12.001 unidades de p...



Drive-thru no Centro

26 de maio de 2020

A partir de hoje (26), as ruas Nove de Julho (Rua 2) e São Bento (Rua 3) terão quarteirões com faixa reservada para que o comércio venda seus produtos por drive-thru das 9 às 18 horas. Na Rua 2, fi...



Espetáculo digital

26 de maio de 2020

O Laboratório Aberto de Interatividade da Universidade Federal de São Carlos (LAbI – UFSCar), em parceria com o Centro de Desenvolvimento de Materiais (CDMF) e a Orquestra Experimental da UFSCar, d...