Notícias



Secretaria esclarece situação dos quiosques da passarela ‘Orival Ramalho’

Informações foram fornecidas após questionamentos do vereador Lineu Carlos de Assis (Novo)

Publicado por: Foto: ACidadeON Araraquara

235


No final de maio, o vereador Lineu Carlos de Assis (Novo) encaminhou um requerimento ao Executivo solicitando informações sobre os quiosques da passarela “Orival Ramalho” e a situação dos comerciantes ambulantes em Araraquara.

“A Prefeitura vislumbrou dar à passarela mais uma utilidade, com a instalação de quiosques que foram disponibilizados ao comércio ambulante e, ao mesmo tempo, regularizar a situação desses comerciantes. A obra de restauração contou com um investimento de R$ 300.063,90, oriundo de recursos próprios do Município. Após a obra, foram investidos R$ 27 mil para a contratação de empresa especializada em laudo de avaliação da passarela e elaboração de projeto de quiosque”, destacou o parlamentar.

Assis lembrou ainda que foi feita a contratação de empresa especializada para implantação de dez quiosques para ambulantes na passarela no valor de R$ 359.760,75. “Após quase dois anos e um investimento total de R$ 686.824,25, podemos constatar que a iniciativa, até o momento, não atingiu seu objetivo, visto que praticamente todos os quiosques estão fechados e os comerciantes que seriam beneficiados continuam irregularmente nas ruas centrais da cidade”, apontou.

Em resposta, o vice-prefeito e secretário municipal do Trabalho, Desenvolvimento Econômico e Turismo, Damiano Neto (Progressistas), informou que, sempre que o Município toma ciência de um comerciante ambulante exercendo suas atividades de forma ilegal, realiza os procedimentos necessários para a regularização, portanto, não há um banco de dados dos que atuem ilegalmente, pois sempre que encontrado o mesmo é orientado até a sua regularização. “A ação é de conduzir o comerciante à regularidade. A fiscalização do comércio ambulante no Município é setorizada, havendo ações conjuntas e individuais dos seguintes setores: Sala do Empreendedor, Fiscalização de Posturas no Desenvolvimento Econômico e Vigilância Sanitária, além do apoio da Guarda Civil Municipal quando há a necessidade”, explica.

Ainda segundo ele, o Poder Executivo possui planos para a retirada das catracas do Terminal Central de Integração (TCl), o que resultará em um significativo aumento do fluxo de passantes pelo local. “Sendo assim, com a abertura realizada, os 15 ambulantes que foram habilitados e receberam a permissão de uso dos quiosques poderão contar com este aumento de fluxo de passantes para manter os seus comércios em atividade”, completou.

“Infelizmente o que aconteceu na passarela ‘Orival Ramalho’ demonstra uma preocupante falta de planejamento da Prefeitura”, avalia o vereador. “Primeiro, há de se observar que não foram feitos estudos preliminares antes da execução do projeto, pois era nítido que o trânsito de pedestres naquele local é ínfimo e por isso não haveria adesão dos comerciantes ambulantes. A justificativa de que há planos para a retirada das catracas do TCI, que resultará em um aumento do fluxo de pessoas para manter o comércio em atividade, é desastrosa. Essa abertura deveria ter sido feita primeiro e após a constatação de que o fluxo de pessoas no local aumentou, esse projeto poderia ter sido executado na passarela. A ordem foi invertida, o dinheiro público foi mal empregado e os quiosques vazios já foram, inclusive, vandalizados”, completa.


Publicado em: 14 de junho de 2024

Cadastre-se e receba notícias em seu email

Categoria: Câmara

Comentários

Adicione seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.


Outras Notícias

Fique por dentro

Praça do Bosque Maçônico precisa de limpeza e revitalização

17 de julho de 2024

Após ser procurado por moradores da região da Praça do Bosque Maçônico, na Vila Sedenho, o vereador Emanoel Sponton (Progressistas) encaminhou uma indicação à Prefeitura, sugerindo serviços de limp...



Bancos de área de lazer do Jardim Santa Júlia oferecem riscos aos frequentadores

17 de julho de 2024

Bancos de concreto destruídos e com estrutura metálica aparente, estes são os problemas que os usuários têm encontrado na parte central da Área de Lazer “Carlos Benedito Fusari”, localizada no Jard...



Câmara aprova novo subsídio de secretários municipais para próximo mandato

16 de julho de 2024

Na primeira Sessão Ordinária do segundo semestre, nesta terça-feira (16), os vereadores da Câmara Municipal de Araraquara debateram e aprovaram uma pauta com 15 projetos. Projeto da Mesa Diretora...



Cinema Inclusivo

16 de julho de 2024

No sábado (20), às 14h30, no Cine Center Lupo, terá cinema inclusivo com a exibição da animação “Meu Malvado Favorito 4”. Essa sessão de cinema é adaptada a pessoas com transtorno do espectro autis...



Uso consciente (16/07)

16 de julho de 2024

O Daae e a Prefeitura alertam sobre a importância do uso consciente da água. A ação busca enfrentar o momento climático atípico de estiagem pelo qual estamos passando. A autarquia orienta para que...



Projeto para reforma do conjunto de bocha do Pinheirinho está em processo de elaboração

16 de julho de 2024

Em maio, o vereador Gerson da Farmácia (MDB) apresentou um requerimento à Prefeitura, solicitando informações sobre a situação do Conjunto de Bocha “José Zavagli (Zé Palito)”, no Parque Ecológico "...





Esse site armazena dados (como cookies), o que permite que determinadas funcionalidades (como análises e personalização) funcionem apropriadamente. Clique aqui e saiba mais!